Importância da Água
Todos nós sabemos que beber água faz muito bem à saúde, mas nem sempre conhecemos os motivos pelos quais a água é tão importante para o nosso organismo.
A água representa cerca de 60% do peso de um adulto. Nos bebês, a proporção é ainda maior: 70%. Ela é o elemento mais importante do nosso corpo! Entre outras funções, ela é essencial para o transporte dos nutrientes, oxigênio e sais minerais, além de estar presente no plasma sangüíneo (83%), nas articulações, nos sistemas respiratório, digestivo e nervoso, na urina, nos músculos (75%) e até nos ossos (20%).

Mas, e na prática? Quais são os benefícios do consumo adequado de água?

Listamos aqui sete grandes benefícios da água para nossa saúde e bem estar:

Perda de peso: a água é uma das melhores ferramentas para auxiliar na perda de peso. Em primeiro lugar porque muitas vezes substitui bebidas de alto teor calórico, como refrigerante, suco e álcool. Além disso, é um grande inibidor do apetite, e muitas vezes, quando pensamos que estamos com fome, estamos, na verdade, apenas com sede. Água não tem gordura, calorias, carboidratos ou açúcar.

Coração saudável: beber uma boa quantidade de água pode diminuir os riscos de um ataque cardíaco. Um estudo de seis anos publicado no American Journal of Epidemiology revelou que aqueles que beberam mais de cinco copos de água ao dia, durante o período de estudo, tiveram 41% menos probabilidade de ir a óbito por um ataque cardíaco quando comparados com aqueles que ingeriram menos de dois copos.

Energia: a falta de água causa cansaço e falta de energia. Quando sentimos sede, já estamos em processo de desidratação, que leva a fadiga, fraqueza muscular, tonturas e outros sintomas. A desidratação pode também prejudicar o desempenho na prática do exercício físico. Por isso, é muito importante ingerir água antes, durante e após realizar o exercício.

Dor de cabeça: outro sintoma de desidratação é a dor de cabeça. Muitas vezes, quando temos dores de cabeça, é simplesmente uma questão de não beber água em quantidade suficiente. Há muitas outras causas de dores de cabeça, é claro, mas a desidratação é uma causa comum entre elas. Pele bonita e saudável: as fibras de colágeno, responsáveis pela sustentação da pele, dependem da água para a sua renovação e seu bom funcionamento.

Desintoxicação: A água é utilizada pelo organismo para ajudar a eliminar as toxinas e resíduos do corpo. Juntamente com a fibra, a água pode curar a constipação (muitas vezes resultado de desidratação).

Diminui o inchaço: quando bebemos água ao longo do dia evitamos que o corpo retenha o sódio, que é responsável pelo inchaço. A água também ajuda a melhorar a circulação sanguínea, evitando assim o aparecimento da celulite.

Por essas razões a água é tão importante, e por isso o nosso corpo sente tanto sua falta. Mas, mesmo sabendo de tudo isso, para algumas pessoas não é fácil manter o hábito de ingerir água em quantidade suficiente.

Possivelmente você já ouviu dizer que devemos ingerir diariamente pelo menos 2 litros de água. É uma questão discutível. Esta recomendação surgiu a partir de uma pesquisa que utilizou como referência a ingestão diária de calorias para determinar o quanto consumir de água. O resultado foi que para cada caloria ingerida, deve-se tomar 1 ml de agua. Assim, se uma pessoa ingere normalmente 2000kcal, terá que tomar 2000 ml de água, o que equivale a dois litros. Existe outra forma, mais individualizada, de calcular a quantidade diária recomendada: divide-se o peso corporal por 30. Então, se você pesa 80 kg deveria ingerir 2,6 litros de água por dia.

E como fazer para criar o hábito de ingerir a quantidade adequada de água? Aqui vão algumas dicas:

* Carregar sempre uma garrafinha de água ou manter um copo de água na mesa ou no local de trabalho. A estratégia da garrafinha dá a noção do quanto se ingere por dia, facilitando o cálculo da quantidade necessária.

* Defina um lembrete: ajuste o relógio, celular ou computador para apitar de hora em hora, de tal modo que você não esqueça de beber água.

* Quando tiver a opção entre água, suco e refrigerante opte sempre por água. Leve em conta o aporte calórico dos refrigerantes e sucos para facilitar a escolha.

* Ao invés de gastar uma fortuna em água engarrafada, invista em um filtro. A economia no final do mês vai estimular a ingestão de água.

* A prática de exercícios físicos pode ajudar a aumentar significativamente a ingestão. Não se esqueça de beber água antes, durante e após praticar atividade física. Bebidas esportivas podem ser necessárias se a atividade física for de longa duração.

* Tente manter a rotina de beber água de hora em hora durante um mês. Ao final desse mês o corpo já estará acostumado e será difícil ficar sem ela.

* NUNCA espere ter sede para beber água.

* Uma opção para variar é colocar alguns ingredientes na água acrescentando à ela sabor e tornando-a mais atrativa: ex: colocar um pedaço de gengibre + canela + hortelã na água. O gengibre e a canela são alimentos termogênicos e por isso contribuem para que o nosso metabolismo acelere e consequentemente gastamos mais energia.

FONTE: BIO M SERVIÇOS DE NUTRIÇÃO LTDA

Referências:

Guyton & Hall, Tratado de Fisiologia Médica, 9ª Edição Rio de Janeiro, 1997, Guanabara
Manz, F and Wentz, A, 24 h hydration status: parameters, epidemiology and recommendations, Eur Jour Clin Nutr (2003) 57, Suppl 2 S10-S18;
Food and Nutrition Board, Institute of Medicine, National Academies, Dietary Reference Intakes for Energy, Carbohydrate, Fiber, Fat, Fatty Acids, Cholesterol, Protein, and Amino Acids (2002/2005); Dietary Reference Intakes for Water, Potassium, Sodium, Chloride, and Sulfate (2005);
Tabela da Composição de Alimentos; Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge; Lisboa, 2006
Estilos de Vida Saudáveis, Nutrição e Actividade Física, Internacional Life Sciences Institute, Europe, 2002;



Plano Unesp Saúde